fbpx

VELHOS SÃO OS TRAPOS! ELETROESTIMULAÇÃO NO COMBATE À SARCOPENIA

A eletroestimulação muscular na terceira idade tem inúmeros benefícios. Além de combater os efeitos do envelhecimento na condição física, trata-se de um treino sem carga articular, sem risco de lesão e sem carga externa, o que reduz a probabilidade de se lesionarem durante o treino.

A eletroestimulação muscular tem ganho muitos adeptos ao longo dos anos: homens e mulheres, das mais diversas idades, deixaram-se entusiasmar pela nova geração do fitness e embarcaram, juntamente com a eBody, nesta aventura saudável e prazerosa que é a EMS.

Com apenas 20 minutos por semana, a eletroestimulação é uma excelente aposta na melhoria da condição física e da musculatura de todos os indivíduos, mas pode também prevenir a sarcopenia, uma doença muito comum em pessoas com mais de 50 anos que se caracteriza pela perda significativa de massa muscular.

Sinais e sintomas:

  • Redução da massa muscular;
  • Diminuição da resposta ao movimento;
  • Aumento da flacidez;
  • Diminuição do equilíbrio;
  • Diminuição da força muscular;
  • Dores.

Consequências:

  • Dificuldades nas tarefas diárias;
  • Diminuição das respostas ao movimento;
  • Diminuição da qualidade de vida;
  • Quedas;
  • Várias consequências que podem levar à degradação da saúde mental.

O treino, que envolve força, resistência, rapidez e estimula mais de 300 músculos em simultâneo, é uma excelente via para se atingir resultados significativos – até na terceira idade. Aliás, há vários estudos científicos que indicam que a EMS tem sido uma estratégia terapêutica bastante eficaz na prevenção e tratamento da sarcopenia associada ao envelhecimento.

A eletroestimulação promove mudanças na plasticidade muscular o que melhora consequentemente a potência motora dos indivíduos. Além disso, proporciona um rápido aumento da força muscular, melhora a marcha e o equilíbrio e potencia ganhos na qualidade de vida.

Outra grande vantagem é o facto de se tratar de um treino sem carga articular e sem carga externa. A consequência lógica é o facto de a probabilidade de se lesionarem durante o treino diminuir substancialmente.

Por último – e talvez o benefício mais atraente da EMS para os seniores–, é a prevenção contra doenças, uma vez que este fator é uma consequência da melhoria da condição física do indivíduo. Uma excelente forma de tratar problemas articulares, por exemplo, é fortalecer os músculos sem, desta forma, sobrecarregar as articulações.

Com este pequeno artigo conseguimos facilmente perceber que a eBody é a mãe de um conceito inovador com inúmeras vantagens para qualquer pessoa, independentemente da idade

Não há dúvidas de que a EMS pode mesmo ajudar a recuperar um pouco da qualidade de vida. Marque já a sua experiência eBody. Só precisa de 20 minutos por semana para cuidar devidamente de si!

Tags

Gostaria de saber mais sobre o Treino eBody

Contacte-me para reservar a minha experiência única eBody® pelo valor promocional de 14,90€.

Siga-nos

Mais do nosso eBlog

Lifestyle

NO MÊS DO AMOR, OFEREÇA SAÚDE

O 14 de fevereiro é, inegavelmente, o dia mais romântico do ano! Com a data cada vez mais perto, não perca as ideias para melhor presente de São Valentim que a eBody tem para partilhar consigo.

Saúde

QUEM SEGUE ESTAS DICAS, DORME MELHOR

Se está a ler este artigo, afirmamos com 99% de certeza que passa grande parte das suas noites com dificuldades em adormecer. Por isso, reunimos 5 dicas para o ajudar a ter noites regeneradoras e mais relaxadas.

Lifestyle

JÁ EM 2023? ENTÃO TEMOS UM SEGREDO PARA PARTILHAR CONSIGO

Depois de dadas as boas-vindas ao novo ano, é hora de cumprir as metas traçadas para 2023. Sabemos que começa janeiro ciente de que vai conseguir alcançar novos objetivos e a verdade é que nada o impede: aliás, em matéria de Saúde, a eBody é a sua maior ajuda. E este mês, com um empurrãozinho extra!

Lifestyle

ESTA É A SEMANA MAIS CONFUSA DO ANO. SAIBA COMO RESOLVER

Na ressaca do Natal e neste pequeno período que antecede a chegada do novo ano, há um misto de sentimentos: por um lado, a culpa de todos os doces ingeridos e abusos dos jantares de Natal; por outro, a vontade de aproveitar mais uns dias de boa comida e algazarra. A boa notícia é que tudo é possível com equilíbrio.